CBR - Conexão Brasil Rússia

Os Irmãos Karamazov e sua Importância Histórica



Os Irmãos Karamazov, é o romance final do autor russo Fiodor Dostoyevsky. Dostoyevsky passou quase dois anos escrevendo os Irmãos Karamazov, que foi publicado como uma serie no The Russian Messenger de janeiro de 1879 a novembro de 1880. O autor morreu menos de quatro meses após sua publicação.

Os Irmãos Karamazov é um romance filosófico que se passa na Rússia do século XIX, entra profundamente nos debates éticos de Deus, livre arbítrio e moralidade. É um drama espiritual das lutas morais relativas à fé, à dúvida, ao julgamento e ao motivo, contra uma Rússia modernizadora, com um enredo que gira em torno do tema do patricídio. Dostoyevsky compôs grande parte do romance em Staraya Russa, que inspirou o cenário principal. Desde a sua publicação, foi aclamado como uma das conquistas supremas da literatura mundial.

Para entender sua importância devemos entender também o contexto em que foi escrito.

Fiodor Dostoiévski é conhecido como um dos maiores romancistas e psicólogos literários do mundo. Nascido em Moscou em 1821, filho de um médico, Dostoiévski foi educado primeiro em casa e depois em um internato. Quando Dostoiévski era um menino, seu pai o enviou para a Academia de Engenharia Militar de São Petersburgo, do qual se formou em 1843. Dostoiévski se interessou muito em escrever durante este período, e imediatamente renunciou sua posição de subtenente para dedicar seu tempo a suas obras. Seu primeiro livro, Gente Pobre (1846), foi imediatamente popular entre os críticos.

A visão inicial de Dostoiévski do mundo foi moldada por sua experiência de injustiça social. Aos vinte e seis anos, Dostoiévski tornou-se ativo nos círculos socialistas, em grande parte por sua oposição à instituição da servidão. Suas opiniões políticas foram influenciadas por suas experiências como um menino jovem, seu pai foi assassinado por seus próprios servos enquanto Dostoiévski estava ausente na escola. Outra experiência que afetou muito Dostoiévski, e que encontrou seu caminho em sua escrita, foi o tempo que ele passou na prisão.



Em 23 de abril de 1849, Dostoiévski foi preso por sua participação em um grupo que ilegalmente imprimiu e distribuiu propaganda socialista. Depois de passar oito meses de prisão, Dostoiévski foi condenado à morte por pertencer ao grupo e foi levado, com outros membros do grupo, a ser baleado. Mas a execução acabou por ser um mero show, destinado a punir os prisioneiros psicologicamente. Dostoiévski passou quatro anos em um campo de trabalho na Sibéria, seguido de quatro anos de serviço militar.

O tempo de Raskolnikov em uma prisão siberiana, descrito no Epílogo do Crime e Punição, baseia-se nas próprias experiências de Dostoiévski em uma prisão semelhante, e dedicou muitas passagens em seus outros livros para cenas envolvendo justiça criminal, incluindo as cenas de tribunal dos Irmãos Karamazov.

O tempo de prisão de Dostoiévski o afetou em pelo menos duas maneiras importantes. Primeiro, durante sua prisão, Dostoiévski começou a sofrer crises epilépticas, uma condição de que sofreu pelo resto de sua vida. Ele retrata a experiência de epilepsia através do personagem de Smerdyakov em Os Irmãos Karamazov. A segunda mudança importante que Dostoiévski sofreu na prisão foi a rejeição das posições sociais radicais que levaram à sua prisão e ao seu desenvolvimento de uma preocupação conservadora pelos valores tradicionais.

 Sua inclinação religiosa e filosófica conservadora é evidente ao longo de suas obras escritas após esse período, incluindo Os Irmãos Karamazov. Por exemplo, Dostoiévski questiona especificamente se o bem e o mal podem existir em um mundo em que não há Deus. Através do personagem de Rakitin, Dostoiévski compartilha as teorias progressistas de seus contemporâneos, intelectuais que passam da ideia popular para a ideia popular de acordo com os caprichos da moda, sem consideração pela verdade.

Em 1857, Dostoiévski casou-se com Mariya Dmitriyevna Isayeva, que morreu de tuberculose sete anos depois. Ele passou grande parte da década de 1860 na Europa Ocidental, experimentando a cultura que lentamente invadiu a Rússia. Durante este período, ele lutou com a pobreza, epilepsia e um vício em jogos de azar. Mas com a publicação de Crime e Castigo (1866), sua fortuna melhorou.

O sucesso popular e crítico da novela permitiu que ele continuasse a frente, embora apenas por pouco, tinha dívidas assustadoras e o ônus de cuidar de crianças deixadas ao seu cuidado após as mortes de seu irmão e irmã. Em 1867, casou-se pela segunda vez, com Anna Grigoryevna Snitkina, que o ajudou a lidar com sua epilepsia, depressão e problemas de jogo. Anna serviu como seu estenógrafo para o romance O Jogador (1867).


Depois de escrever Crime e Castigo, Dostoiévski escreveu O Idiota (1868), e talvez sua maior obra, Os Irmãos Karamazov (1880). Os Irmãos Karamazov são o exame mais profundo e complexo de Dostoiévski sobre questões filosóficas cruciais da existência humana. Nele, aborda o conflito entre fé e dúvida, o problema do livre arbítrio e a questão da responsabilidade moral. Os Irmãos Karamazov é uma das maiores novelas do século XIX, e continua a ser a pedra fundamental das obras de Dostoiévski até hoje. Dostoiévski morreu em 1881, apenas um ano depois que Os Irmãos Karamazov foi publicado.

Algumas pessoas enxergavam as novelas de Dostoiévski como representações proféticas da vida sob o regime soviético. O movimento existencialista que se concretizou em meados do século XX procurou por suas descrições de seres humanos confrontados com mortalidade, desespero e ansiedade de escolha. Escritores como Albert Camus e Jean-Paul Sartre valorizaram a escrita de Dostoiévski por suas profundas ideias sobre dilemas humanos, que, juntamente com seu estilo, trouxe temas e personagens inesquecíveis, que continuam a influenciar os escritores a mais de um século após sua morte.

E-mail: contato@cbr.tur.br
Facebook: http://www.facebook.com/conexaobrasilrussia
Youtube: https://www.youtube.com/user/conexaobrasilrussia
Conheça Kaliningrado: http://www.cbr.emp.br/kaliningrado
Conheça Petrozavodsk: http://www.cbr.emp.br/petrozavodsk
Conheça Vladivostok: http://www.cbr.emp.br/vladivostok
Conheça Novosibirsk: http://www.cbr.emp.br/novosibirsk
Boa viagem =D





CBR - Conexão Brasil Rússia

Facebook Youtube

Conexão Brasil-Rússia - CBR

Caixa Postal 198 - Bento Gonçalves/RS
Fone: (11) 3181.8896
CEP: 95700-970

central do cliente

termos de uso
desenvolvido por AT