CBR - Conexão Brasil Rússia

O Futuro da Industria Naval Russa



A indústria naval na Rússia, é extremamente desenvolvida e a principal razão da admiração da marinha russa pelo mundo.

Após a dissolução da União Soviética na década de 1990, a Marinha russa lutou para ajustar estruturas de força da Guerra Fria enquanto sofria severamente com manutenção insuficiente e falta de financiamento. No entanto, as melhorias na economia russa na última década tiveram um aumento significativo nas despesas de defesa e um aumento no número de navios em construção.

No começo da década de 2010, iniciou-se um programa de modernização da marinha de guerra da Rússia, liderada pelo então ministro da defesa Sergei Shoigu. Melhorias na capacidade naval do país e reequipamento das frotas foi prioridade, além de melhor capacitação dos profissionais que serviam na marinha. Segundo analistas, os maiores investimentos foram uma resposta a maior presença de forças navais da OTAN na Europa e da maior colaboração da organização com a Ucrânia, uma ex república soviética.



Um programa extensivo de rearme foi implementado desde 2011, com o Ministério da Defesa russo previsto para adquirir 100 navios de guerra até 2020. A compra de 20 submarinos, 35 corvetas e 15 fragatas está prevista. A natureza dos outros 30 navios ainda é desconhecida.

A Frota do Mar Negro receberá 18 novos navios de superfície e submarinos, incluindo submarinos de classe Kilo, fragatas de classe Admiral Gorshkov e navios de desembarque de Ivan Gren. Há também planos para estabelecer o Project 21631 que são pequenos mísseis e corvetas de classe Steregushchiy. Este programa de armas estaduais também forneceu fundos para a compra de dois navios de assalto de classe Mistral. Além disso, navios mais antigos, como os críticos de batalha da classe Kirov, também sofrerão revisões e modernização para trazê-los de volta ao serviço ativo depois de passar mais de uma década na reserva.

O principal plano de curto prazo da indústria é o Programa Complexo de Produção Avançada da Indústria Naval no Mercado, que foi aprovado pelo governo russo em outubro de 2006. Ele prevê a criação de um centro científico no Krylov Instituto, dois centros de engenharia e três centros de construção naval, os centros Oeste, Norte e Extremo Oriente.

E-mail: contato@cbr.tur.br
Facebook: http://www.facebook.com/conexaobrasilrussia
Youtube: https://www.youtube.com/user/conexaobrasilrussia
Conheça Kaliningrado: http://www.cbr.emp.br/kaliningrado
Conheça Petrozavodsk: http://www.cbr.emp.br/petrozavodsk
Conheça Vladivostok: http://www.cbr.emp.br/vladivostok
Conheça Novosibirsk: http://www.cbr.emp.br/novosibirsk
Boa viagem =D





CBR - Conexão Brasil Rússia

Facebook Youtube

Conexão Brasil-Rússia - CBR

Caixa Postal 198 - Bento Gonçalves/RS
Fone: (11) 3181.8896
CEP: 95700-970

central do cliente

termos de uso
desenvolvido por AT