CBR - Conexão Brasil Rússia

Educação na Rússia. Uma experiência única!

Falar sobre educação na Rússia não é uma exceção à regra, porém, espero, nas linhas abaixo, ter apresentado de uma maneira simples e concreta como a educação neste país pode mudar a sua vida. Fazendo uma rápida explanação da educação infantil, média e depois seguindo para a educação superior, somando tudo isso a minha experiência pessoal, alguém que cursou o ensino superior na Universidade Estatal de Moscou – Lomonosov.

A educação russa começa na primeira infância, entre 3 e 4 anos de idade, quando os pais ou os avós já ensinam o alfabeto e aos poucos a ler. Com o passar dos anos, ainda antes de ir para a escola, a criança russa também já recebe noções de matemática. Quando ela vai para a educação regular propriamente dita, apenas pratica o aprendizado recebido em casa, com a utilização de vários livros e a realização de inúmeros exercícios. 

Sendo um país onde a cultura ainda exerce uma forte influência e, valores como respeito e dedicação ainda estão presentes, o aluno, em paralelo, segue uma educação artística, onde conta com aulas de teatro, violino, canto e coral, tudo isso subsidiado pelo governo russo. Bem como os acampamentos de férias, que são inúmeros e proporcionam às crianças novas experiências em suas vidas. 

Após o ingresso na escola, o 1º de setembro passa a ser o dia mais importante, pois é o dia em que toca pela primeira vez na vida da criança o chamado “primeiro sinal”. A educação começa na primeira série e, só depois, quando terminam o ensino médio, recebem o último sinal, estando, assim, prontos para estudar na universidade. O que não é um problema, pois as fortes bases que receberam durante os anos na escola evitam problemas durante seu aprendizado no ensino superior. Escolas especializadas em ciências exatas e humanas dão o enfoque necessário ao aluno para que ele prepare a sua caminhada. 

Seguindo seus estudos, seja o aluno russo ou estrangeiro, o custo para o ensino superior é irrisório em comparação com o Brasil. Por exemplo, um estudante estrangeiro que queira cursar medicina, vai ter um custo em uma faculdade de medicina renomada (no caso da Academia médica de Moscou Sechenov (MMA) ou na RUDN) girando em torno dos 5-7 mil dólares anuais. E é justamente isso que tem despertado o interesse de vários brasileiros, pois como eu digo no meu círculo de amigos e professores, qual o sentido de ficar fazendo um cursinho pré-vestibular caríssimo, durante 2, 3 ou quem sabe 4 anos, para ingressar em uma faculdade de medicina no Brasil, quando você poderia dizer que já está estudando medicina a alguns anos em Moscou? Compreendo que os futuros brasileiros que gostariam de estudar medicina em Moscou possuem o medo do desconhecido, o que é natural, e a insegurança existe. Porém, com o auxílio e a assessoria adequada que nossa empresa oferece, minimizamos ao máximo esses fatores que geram um bloqueio ao futuro profissional, pois o ensino de qualidade russo abrirá portas inimagináveis, oportunidades de doutorado ou, quem sabe, exercer a profissão em outros países. O diploma da Universidade Estatal de Moscou – MSU Lomonosov, por exemplo, é reconhecido pela UNESCO (atualmente existem apenas duas universidades, a Lomonosov e a de São Petersburgo, que possuem esse reconhecimento) e, é claro, o diploma está na língua russa e na língua inglesa, com os enxertos das leis educacionais da Federação Russa nas duas línguas, para facilitar todo processo em uma possível aceitação em um programa de doutorado fora da Rússia. 

Outra coisa muito importante é que, tomando como exemplo a faculdade de medicina da Universidade Estatal de Moscou, o aluno pode frequentar qualquer curso em qualquer faculdade, sem nenhuma taxa extra, propiciando, se o mesmo desejar, uma formação mais ampla. As aulas são de segunda a sábado, incluindo práticas de laboratório, que, diferente do Brasil, são uma realidade (e muitas, acreditem). Este é o único caminho para fixar o conhecimento, indagar e pensar sobre os eventos do cotidiano sejam eles físicos, químicos ou biológicos, pois, na faculdade, terás aulas teóricas e depois os chamados seminários, onde você colocará em prática o aprendizado (no caso da física resolver exercícios e problemas) e, depois, a parte experimental, o laboratório em si. Todos esses três fatores produzem, através da visualização e da prática, a fixação do conhecimento não por algumas semanas, mas por meses, anos. A carga horária também é muito superior a do Brasil. No caso da medicina também há aulas de Latim, e, o curso de física, tem duração de 5,5 anos, somando mais de 10 mil horas aulas, garantindo, assim, um profissional de alto nível, pronto para enfrentar as situações psicológicas e reais da vida e do mercado de trabalho, pronto para fazer ciência. 

É também fato que os investimentos em educação na Rússia são muito altos, pois existe em Moscou, além de inúmeros institutos, o Skolkovo, que é o instituto de tecnologia russo. Com crescimento e investimento impressionante, este instituto abrange toda a área relacionada à tecnologia, nanotecnologia, eletrônica, entre outros. A universidade de gás e petróleo Gubkin é uma referência dentro da Rússia, tendo esse país as maiores reservas de gás e fornecendo profissionais para a Gazprom, a estatal russa responsável pela extração do petróleo. O Instituto Aeroespacial de Moscou, MAI, possui várias linhas de pesquisa, dentre elas motores de aviões, turbinas e materiais compósitos. Ah sim, e a matemática, com os ganhadores da medalha Fields, a faculdade de física da universidade estatal de Moscou, onde trabalharam nove laureados do prêmio Nobel. E não preciso comentar que os livros são muito baratos, mas caso não deseje comprar, a universidade cede durante todo o ano os livros necessários para seus estudos. 

Após tudo isso, você deve estar se perguntando: “eu terei uma chance em estudar na Rússia, um país onde a educação é tão forte?”. Eu consegui concluir a faculdade de física em russo. Claro, existem vários cursos superiores em inglês. Pessoalmente recomendo viver a cultura russa, falando russo. Não tenho dúvidas que com a nossa assessoria e sua força de vontade você conseguirá! 

Outro fator muito importante é a adaptação, pois estudar em um país diferente, numa língua diferente é complicado e a adaptação não muito fácil. Principalmente durante os primeiros trintas dias, pois a saudade dos familiares ainda é grande. Porém, mais uma vez, a CBR está presente em todos esses momentos e serve como um porto seguro. Com nossa experiência, ajudaremos a resolver todos os possíveis problemas que poderão existir ao mudar de uma cultura e de um nível educacional para outro. 

Muitos me perguntam: “André, foi difícil estudar na Rússia?”. Eu respondo: “Não foi fácil”. Não é um mar de rosas, exige muita dedicação e esforço. Porém, após passar por este caminho, depois destes sete anos que vivi em Moscou, sinto-me realizado, sendo um profissional de respeito, que estudou em uma instituição de ensino renomada, possuindo uma experiência de vida que também me proporcionou um amadurecimento exponencial e um discernimento que hoje me permite realizar esse trabalho sério e responsável que a CBR realiza, auxiliando os talentos de amanhã a encontrarem o seu lugar no mundo. Aposte em você! Venha para a Rússia ver com seus próprios olhos! Independente da área do ensino superior que você deseja seguir, seja um curso de língua russa de curta duração ou um curso universitário, aproveite esta oportunidade. Dê a si o direito de crescer e desenvolver tuas habilidades no meio mais propício que existe, dentro da uma universidade russa! 

André Luís Paulo Tomasi-Vshivtsev com Marcos Pontes

 

E-mail: contato@cbr.tur.br
Facebook: http://www.facebook.com/conexaobrasilrussia
Youtube: https://www.youtube.com/user/conexaobrasilrussia
Conheça Kaliningrado: http://www.cbr.emp.br/kaliningrado
Conheça Petrozavodsk: http://www.cbr.emp.br/petrozavodsk
Conheça Vladivostok: http://www.cbr.emp.br/vladivostok
Conheça Novosibirsk: http://www.cbr.emp.br/novosibirsk
Boa viagem =D





CBR - Conexão Brasil Rússia

Facebook Youtube

Conexão Brasil-Rússia - CBR

Caixa Postal 198 - Bento Gonçalves/RS
Fone: (11) 3181.8896
CEP: 95700-970

central do cliente

termos de uso
desenvolvido por AT